terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Risoto de lingüiça de frango, tomate e mussarela de búfala

   Queridos amigos e leitores, 

 Hoje fiz este risoto com ingredientes que tinha em casa, pensei que não ficaria boa essa mistura, mas não é que ficou uma delícia! O sabor suave dos tomates e da mussarela de búfala junto com o sabor da linguicinha de frango ficou supimpa! Façam em casa e depois me contem como ficou! 


  Vamos à receita?!


Arroz arbóreo



 Risoto de lingüiça de frango, tomate cereja e mussarela de búfala 

240g de arroz arbóreo (não é preciso lavar)
04 lingüiças de frango (resfriada) levemente salteadas com pouco azeite e cortadas em rodelas 
1/2 caixinha de tomates cerejas cortados ao meio (se não achar, pode usar o tomate comum)
06 bolinhas de mussarela de búfala cortada em rodelas
1/2 cebola cortada em cubos
100ml de vinho branco seco
50ml de azeite de oliva extra virgem
01 cubos de caldo de frango dissolvido em 1 litro de água fervente
1/2 colher (sopa) de manteiga fria (para o final)
sal a gosto
pimenta do reino moída a gosto
salsinha limpa e picada para enfeitar


As lingüiças de frango que usei




Tomates cerejas


Mussarela de búfala cortada em rodelas


Salsinha fresca


Preparando o risoto: Em uma panela própria para risoto ou uma frigideira funda, aqueça o azeite de oliva. Quando estiver aquecido, acrescente a cebola picada e deixe transparentar. Logo após, acrescente o arroz arbóreo e refogue em fogo alto por 2  minutos. Misture o arroz e deixe transparentar alguns minutos. Com a panela fora do fogo, adicione o vinho branco para deglaçar e volte a panela ao fogo para que o álcool se evapore. Não deixe essa mistura secar, logo abaixe o fogo, e, em seguida vá colocando aos poucos, junto ao arroz, o caldo de frango bem quente, quase a ponto de fervura. Vá colocando o caldo até mais ou menos 15 minutos do cozimento, mexendo sempre com uma colher de pau. O tempo total de cozimento varia entre 17 e 18 minutos, então, quando faltarem 3 minutos para o final, ou seja, quando o timer contar 15, 16 minutos, acrescente o sal, pimenta do reino, a mussarela em rodelas, os tomates cerejas cortados ao meio e por último os cubos de lingüiça de frango (previamente salteados). Incorpore bem os ingredientes, adicione a manteiga fria, para dar o toque final e misture. O arroz deve ficar al dente. Sirva em seguida, em pratos fundos, e se optar, enfeite com salsainha picada. Rendimento para 02 pessoas se servido como prato principal.

  

Beijos temperados e...

                                               Bom apetite!!

Foto: reprodução e arquivo pessoal





segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

   Olá queridos leitores,

 Hoje partilho com vocês uma receita deliciosa para servir como entrada ou de acompanhamento para um almoço ou jantar mexicano. Eu amo a comida mexicana, a música e tudo o que é típico daquele país!! 

  Quem gosta, não gosta, AMA! Eu estou falando da deliciosa guacamole! Uma receita típica mexicana a base de acabate. É como um "molho de abacate" que funciona como acompanhamento de salada, de sour cream (creme azedo) e pico-de-gallo (uma salada feita de tomate), para acompanhar os burritos, e uma variedade de pratos. Aprendi a fazer há alguns anos atrás com um amigo costa-riqueño (da Costa Rica) e sempre quando tenho vontade faço, pois é delicioso e simples de fazer! Cada um tem o seu toque ou o seu tempero diferente. Partilho a receita com o meu toque!




  Guacamole

    1 abacate médio maduro e firme
  2 colheres (sopa) suco de limão
  1 colher (café) de sal
  gotinhas de molho Tabasco
  1 dente pequeno de alho amassado
  1 colher (sopa) de coentro picadinho
  2 colheres (sopa) de cebola picadinha
 ½ tomate sem sementes cortado em cubos pequenos 
  1 pacote de Doritos sabor queijo nacho

Preparando a guacamole: com uma colher retire a polpa do abacate e coloque num prato. Acrescente o limão e amasse com um garfo. Junte o sal, a pimenta, o alho e o coentro. Adicione a cebola e misture bem. Por último, misture o tomate. Sirva com os Doritos. Para fazer uma quantidade maior é só dobrar a receita. Se fizer um jantar típico mexicano, sugiro servir também uma tequila ou margueritas como drinks.




Burritos com os acompanhamentos

   E para entrar no clima mexicano, curtam esta célebre canção - que apesar de ser cubana, está sendo interpretada por mariachis! E uma música que adoro, Guantanamera !

                                    

                                    
   Buen provecho amigos!!!

  Fotos: reprodução e arquivo pessoal

  

     

    




quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

This time for Africa!


  Boa tarde queridos leitores!

 Após 1 mês de férias em Angola, na África, estou de volta ao meu Brasil brasileiro! Ahhhh como é bom voltar para casa! Esta foi a segunda vez que fui a este país lusófono, nosso "primo" que está do outro lado do Atlântico. Um país que também foi colonizado por portugueses, um país de uma beleza natural surpreendente, com belas praias, parques, reservas ecológicas e muitas coisas para se descobrir. Um país em desenvolvimento pós-guerra, de um povo sofrido, mas ao mesmo tempo alegre e muito educados. A moeda é o kwanza, mas também usa-se o dólar americano. Cultura, música, artesanato e comidas das mais variadas, desde os pratos típicos angolanos, passando por mariscos, aos pratos típicos portugueses, franceses, que influenciaram a gastronomia do país. Como disse uma senhora brasileira que lá conheci: "Somente quem vai à Angola pode ver a beleza e quanto este país tem para nos oferecer! Os rítmos mais conhecidos são o semba e o kuduro, que em alguns países já virou um hit!

  Lá em Angola o sol brilha quase que 365 dias por ano, uma benção de Deus! Um "bocadinho" (pouquinho, como eles dizem) quente durante o dia! O povo angolano quando percebe que o teu sotaque é brasileiro, ahhhhhhh, você ganhou um amigo, pois eles amam o nosso Brasil, a música, o futebol, etc. Percebi que a nossa música, cultura, costumes influenciaram muito o dia a dia dos angolanos. Agora com voos quase que diários do Rio e de São Paulo à Luanda, há muitos angolanos que vem para o Brasil, bem como brasileiros que vão à Angola - e os voos vão praticamente lotados! Mas atenção, a Angola é um dos países mais caros do mundo, como lá não existem fábricas, tudo é importado de outros países, e com as taxas de impostos, os preços são altos e o custo de vida é muito caro! Como a maioria das Capitais, sempre são mais caras, nas cidades do interior encontramos melhores preços, massssssss cuidado, senão teu bolso pode "furar", haha. 


 Os ingredientes-base dos pratos típicos angolanos estão os mariscos, o ginguba (amendoim), a mandioca, a mukua (fruto do Imbondeiro), o óleo de palma, a galinha, os peixes, etc. Entre um dos pratos que o povo angolano adora está o famoso "funge" (feito com farinha de mandioca, água e sal). 


Mulher angolana preparando o funge

  
Mukua - o fruto do Imbondeiro (Baobá),
é rico em vitaminas e minerais, a polpa branca, depois de seca é  utilizada para
 a alimentação (sucos, etc) e também é referida como cura para a malária



 Desta vez tive a oportunidade de estar mais em contato com o povo angolano, de conhecer novas praias, fazer safaris e desfrutar mais da beleza deste nosso país "vizinho". Prentendo voltar mais vezes! 

 Através dessas fotos mostro para vocês um pouco da Angola!




Vista da Baía de Luanda

Vista noturna da Baía de Luanda


Catedral da Sé - estilo típico português

Artesanato - pássaros típicos em madeira

O homem e a mulher angolana - artesanato em madeira


O maior Imbondeiro (Baobá) do Parque Nacional da Quiçama
 - estima-se 200 anos de idade

A bela flor do Imbondeiro

Miradouro da Lua

Uma delícia de pousada sobre o Rio Kwanza

A Ponte do Rio Kwanza

Pescadores no Rio Kwanza

O encontro entre o Rio Kwanza e o mar
 -  lugar maravilhoso

Pássaros lindos - parecia uma pintura!

A macaca e sua macaquinha
 - fiquei encantada com elas, coisinha mais linda de se ver!






Palanca negra gigante - é um antílope símbolo nacional da Angola


Artesanato típico em madeira 

Zungueira (nome dado às mulheres que vendem qualquer coisa nas ruas)
 e seu filhinho nas costas - muito fofo!

Trancinhas e enfeites são comuns nos cabelos
 da maioria das mulheres angonalas


Angola é um dos países do petróleo
Outdoor de uma das cervejas mais famosas de Angola

Garoupa - um peixe muito apreciado no país,
 muito saborosa!

Lagostas grelhadas - hummm!!!

"Miúdos" (meninos como eles dizem)
felizes dançando kuduro!

Monumento ao primeiro Presidente da Angola
  - Agostinho Neto

Candongueiros - são vans que servem
 de "taxis" típicos do povo angolano


Angolaninha levando sua irmã nas costas

Enorme "Estádio de Futebol 11 de Novembro" - em Luanda

Angolanos jogando futebol no chamado "musseque"
(são bairros pobres angolanos)


Comidas típicas angolanas 


Praia de Sangano



Pescadores 



Lagostas que compramos para o nosso almoço
 - viraram lagostas grelhadas, hummm delícia! 

Delícia de praia - até a próxima! 

Maravilhoso por do sol na praia!


Baía de Luanda 


   Descubra a África, descubra Angola! 



 Beijos temperados!


Fotos: arquivo pessoal 

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Risoto de lingüiça de frango, tomate e mussarela de búfala

   Queridos amigos e leitores, 

 Hoje fiz este risoto com ingredientes que tinha em casa, pensei que não ficaria boa essa mistura, mas não é que ficou uma delícia! O sabor suave dos tomates e da mussarela de búfala junto com o sabor da linguicinha de frango ficou supimpa! Façam em casa e depois me contem como ficou! 


  Vamos à receita?!


Arroz arbóreo



 Risoto de lingüiça de frango, tomate cereja e mussarela de búfala 

240g de arroz arbóreo (não é preciso lavar)
04 lingüiças de frango (resfriada) levemente salteadas com pouco azeite e cortadas em rodelas 
1/2 caixinha de tomates cerejas cortados ao meio (se não achar, pode usar o tomate comum)
06 bolinhas de mussarela de búfala cortada em rodelas
1/2 cebola cortada em cubos
100ml de vinho branco seco
50ml de azeite de oliva extra virgem
01 cubos de caldo de frango dissolvido em 1 litro de água fervente
1/2 colher (sopa) de manteiga fria (para o final)
sal a gosto
pimenta do reino moída a gosto
salsinha limpa e picada para enfeitar


As lingüiças de frango que usei




Tomates cerejas


Mussarela de búfala cortada em rodelas


Salsinha fresca


Preparando o risoto: Em uma panela própria para risoto ou uma frigideira funda, aqueça o azeite de oliva. Quando estiver aquecido, acrescente a cebola picada e deixe transparentar. Logo após, acrescente o arroz arbóreo e refogue em fogo alto por 2  minutos. Misture o arroz e deixe transparentar alguns minutos. Com a panela fora do fogo, adicione o vinho branco para deglaçar e volte a panela ao fogo para que o álcool se evapore. Não deixe essa mistura secar, logo abaixe o fogo, e, em seguida vá colocando aos poucos, junto ao arroz, o caldo de frango bem quente, quase a ponto de fervura. Vá colocando o caldo até mais ou menos 15 minutos do cozimento, mexendo sempre com uma colher de pau. O tempo total de cozimento varia entre 17 e 18 minutos, então, quando faltarem 3 minutos para o final, ou seja, quando o timer contar 15, 16 minutos, acrescente o sal, pimenta do reino, a mussarela em rodelas, os tomates cerejas cortados ao meio e por último os cubos de lingüiça de frango (previamente salteados). Incorpore bem os ingredientes, adicione a manteiga fria, para dar o toque final e misture. O arroz deve ficar al dente. Sirva em seguida, em pratos fundos, e se optar, enfeite com salsainha picada. Rendimento para 02 pessoas se servido como prato principal.

  

Beijos temperados e...

                                               Bom apetite!!

Foto: reprodução e arquivo pessoal





segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

   Olá queridos leitores,

 Hoje partilho com vocês uma receita deliciosa para servir como entrada ou de acompanhamento para um almoço ou jantar mexicano. Eu amo a comida mexicana, a música e tudo o que é típico daquele país!! 

  Quem gosta, não gosta, AMA! Eu estou falando da deliciosa guacamole! Uma receita típica mexicana a base de acabate. É como um "molho de abacate" que funciona como acompanhamento de salada, de sour cream (creme azedo) e pico-de-gallo (uma salada feita de tomate), para acompanhar os burritos, e uma variedade de pratos. Aprendi a fazer há alguns anos atrás com um amigo costa-riqueño (da Costa Rica) e sempre quando tenho vontade faço, pois é delicioso e simples de fazer! Cada um tem o seu toque ou o seu tempero diferente. Partilho a receita com o meu toque!




  Guacamole

    1 abacate médio maduro e firme
  2 colheres (sopa) suco de limão
  1 colher (café) de sal
  gotinhas de molho Tabasco
  1 dente pequeno de alho amassado
  1 colher (sopa) de coentro picadinho
  2 colheres (sopa) de cebola picadinha
 ½ tomate sem sementes cortado em cubos pequenos 
  1 pacote de Doritos sabor queijo nacho

Preparando a guacamole: com uma colher retire a polpa do abacate e coloque num prato. Acrescente o limão e amasse com um garfo. Junte o sal, a pimenta, o alho e o coentro. Adicione a cebola e misture bem. Por último, misture o tomate. Sirva com os Doritos. Para fazer uma quantidade maior é só dobrar a receita. Se fizer um jantar típico mexicano, sugiro servir também uma tequila ou margueritas como drinks.




Burritos com os acompanhamentos

   E para entrar no clima mexicano, curtam esta célebre canção - que apesar de ser cubana, está sendo interpretada por mariachis! E uma música que adoro, Guantanamera !

                                    

                                    
   Buen provecho amigos!!!

  Fotos: reprodução e arquivo pessoal

  

     

    




quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

This time for Africa!


  Boa tarde queridos leitores!

 Após 1 mês de férias em Angola, na África, estou de volta ao meu Brasil brasileiro! Ahhhh como é bom voltar para casa! Esta foi a segunda vez que fui a este país lusófono, nosso "primo" que está do outro lado do Atlântico. Um país que também foi colonizado por portugueses, um país de uma beleza natural surpreendente, com belas praias, parques, reservas ecológicas e muitas coisas para se descobrir. Um país em desenvolvimento pós-guerra, de um povo sofrido, mas ao mesmo tempo alegre e muito educados. A moeda é o kwanza, mas também usa-se o dólar americano. Cultura, música, artesanato e comidas das mais variadas, desde os pratos típicos angolanos, passando por mariscos, aos pratos típicos portugueses, franceses, que influenciaram a gastronomia do país. Como disse uma senhora brasileira que lá conheci: "Somente quem vai à Angola pode ver a beleza e quanto este país tem para nos oferecer! Os rítmos mais conhecidos são o semba e o kuduro, que em alguns países já virou um hit!

  Lá em Angola o sol brilha quase que 365 dias por ano, uma benção de Deus! Um "bocadinho" (pouquinho, como eles dizem) quente durante o dia! O povo angolano quando percebe que o teu sotaque é brasileiro, ahhhhhhh, você ganhou um amigo, pois eles amam o nosso Brasil, a música, o futebol, etc. Percebi que a nossa música, cultura, costumes influenciaram muito o dia a dia dos angolanos. Agora com voos quase que diários do Rio e de São Paulo à Luanda, há muitos angolanos que vem para o Brasil, bem como brasileiros que vão à Angola - e os voos vão praticamente lotados! Mas atenção, a Angola é um dos países mais caros do mundo, como lá não existem fábricas, tudo é importado de outros países, e com as taxas de impostos, os preços são altos e o custo de vida é muito caro! Como a maioria das Capitais, sempre são mais caras, nas cidades do interior encontramos melhores preços, massssssss cuidado, senão teu bolso pode "furar", haha. 


 Os ingredientes-base dos pratos típicos angolanos estão os mariscos, o ginguba (amendoim), a mandioca, a mukua (fruto do Imbondeiro), o óleo de palma, a galinha, os peixes, etc. Entre um dos pratos que o povo angolano adora está o famoso "funge" (feito com farinha de mandioca, água e sal). 


Mulher angolana preparando o funge

  
Mukua - o fruto do Imbondeiro (Baobá),
é rico em vitaminas e minerais, a polpa branca, depois de seca é  utilizada para
 a alimentação (sucos, etc) e também é referida como cura para a malária



 Desta vez tive a oportunidade de estar mais em contato com o povo angolano, de conhecer novas praias, fazer safaris e desfrutar mais da beleza deste nosso país "vizinho". Prentendo voltar mais vezes! 

 Através dessas fotos mostro para vocês um pouco da Angola!




Vista da Baía de Luanda

Vista noturna da Baía de Luanda


Catedral da Sé - estilo típico português

Artesanato - pássaros típicos em madeira

O homem e a mulher angolana - artesanato em madeira


O maior Imbondeiro (Baobá) do Parque Nacional da Quiçama
 - estima-se 200 anos de idade

A bela flor do Imbondeiro

Miradouro da Lua

Uma delícia de pousada sobre o Rio Kwanza

A Ponte do Rio Kwanza

Pescadores no Rio Kwanza

O encontro entre o Rio Kwanza e o mar
 -  lugar maravilhoso

Pássaros lindos - parecia uma pintura!

A macaca e sua macaquinha
 - fiquei encantada com elas, coisinha mais linda de se ver!






Palanca negra gigante - é um antílope símbolo nacional da Angola


Artesanato típico em madeira 

Zungueira (nome dado às mulheres que vendem qualquer coisa nas ruas)
 e seu filhinho nas costas - muito fofo!

Trancinhas e enfeites são comuns nos cabelos
 da maioria das mulheres angonalas


Angola é um dos países do petróleo
Outdoor de uma das cervejas mais famosas de Angola

Garoupa - um peixe muito apreciado no país,
 muito saborosa!

Lagostas grelhadas - hummm!!!

"Miúdos" (meninos como eles dizem)
felizes dançando kuduro!

Monumento ao primeiro Presidente da Angola
  - Agostinho Neto

Candongueiros - são vans que servem
 de "taxis" típicos do povo angolano


Angolaninha levando sua irmã nas costas

Enorme "Estádio de Futebol 11 de Novembro" - em Luanda

Angolanos jogando futebol no chamado "musseque"
(são bairros pobres angolanos)


Comidas típicas angolanas 


Praia de Sangano



Pescadores 



Lagostas que compramos para o nosso almoço
 - viraram lagostas grelhadas, hummm delícia! 

Delícia de praia - até a próxima! 

Maravilhoso por do sol na praia!


Baía de Luanda 


   Descubra a África, descubra Angola! 



 Beijos temperados!


Fotos: arquivo pessoal 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...