sexta-feira, 30 de março de 2012

Alfajores!

    Vocês conhecem os deliciosos alfajores argentinos? Existem váaaarias marcas de alfajores que são comercializadas, muitos são banhados no chocolate branco ou  preto, que muitas vezes um amigo ou uma amiga nos trás de lembrança quando vai à Argentina... 

    Mas agora, estou falando dos verdadeiros alfajores, aqueles caseiros recheados com dulce de leche, típicos das confeitarias argentinas, onde você pede: "Señorita, alfajores acompañados de chocolate caliente, por favor!" Hummm que delícia! 



    Para um lanche com amigos, para o chá das cinco ou para satisfazer teu desejo de comer um delicioso alfajor... hummm, aqui está uma ótima opção! ;)
    
    Entre em contato por email e faça já o seu pedido! 

   Fotos: arquivo pessoal

terça-feira, 27 de março de 2012

Pipocas saborizadas!

  Olá queridos!

 Quem aí gosta de fazer uma sessão home cinema beliscando uma pipoquina? Pipoquinha para servir como um dos aperitivos para receber os amigos ou até mesmo para assistir um jogo de futebol na TV?! ;) Eu aaaaaamo pipoca, das pipoquinhas simples, gosto das com manteiga, mas sou louca pelas pipocas salgadas e doces saborizadas, com um toque diferente! Partilho com vocês duas receitas salgadas deliciosas! Vamos aprender?!




 Pipoca de queijo

.: 05 colheres (sopa) de milho de pipoca
.: 03 colheres (sopa) de manteiga
.: 05 colheres (sopa) de queijo parmesão fresco ralado
.: óleo quantidade necessária
.: sal a gosto

Preparando a pipoca de queijo: em uma panela coloque a quantidade de óleo desejada, eu coloco 03 colheres (sopa) e o milho para pipoca. Estoure a pipoca. Depois de pronta, coloque em uma assadeira e guarde dentro do forno desligado, para não esfriar. Numa panela em fogo brando, coloque a manteiga ou margarina, junte o queijo e mexa até a manteiga derreter. Retire a pipoca do forno e regue-a com a mistura de queijo, mexendo bem, para que tudo se incorpore. Adicione sal a gosto e sirva. Rende: 06 porções.




Pipoca ao pesto basílico

.: 05 colheres (sopa) de milho de pipoca
.: 01 colher (sopa) de manjericão 
.: 01 colher (sopa) de queijo parmesão fresco ralado
.: 02 colheres (sopa) de azeite de oliva
.: 02 dentes de alho bem picadinhos
.: óleo quantidade necessária
.: sal a gosto

Preparando a pipoca ao pesto basílico: em uma panela coloque a quantidade desejada de óleo e o milho para pipoca. Estoure a pipoca. Depois de pronta, coloque em uma assadeira e guarde dentro do forno desligado, para não esfriar. Coloque todos os ingredientes, exceto a pipoca no liquidificador e bata até obter uma pasta homogênea (pesto). Em um bowl (tigela) junte a pipoca pronta ao pesto e misture bem. Pronto? Sirva-se a vontade! Rende: 06 porções.






      "Pipoca e guaraná que programa legal, só eu e você, e sem piruá..."

  Lembram deste comercial de dar água na boca e fez o maior
 sucesso nos ano 90 aqui no Brasil? Hummm! 



Beijos estalados e bom apetite!!!
Fotos: reprodução 

segunda-feira, 26 de março de 2012

Vinhos - Aprenda a degustá-los!

 Queridos leitores, 

 Com várias perguntas e dúvidas, vou dedicar post's especiais aos amantes (assim como eu) do vinho! Tive a honra de ter a matéria - Apreciação de bebidas - com o professor, enólogo, muy expert e querido - Prof. Gustavo Precedo - no curso que fiz em Buenos Aires/Argentina. O professor era daqueles exigentes, e adorava dar umas tiradas irônicas em classe, haha... mas era entendido do assunto, e confesso que aprendi muito, na teoria! Porque na prática já sabia, haha, brincadeiras à parte! ;) A turma do fundão queria saber de chegar logo os "finalmente" da aula, para degustar e sair animado, já que era a última aula de sexta-feira. Aiaia! E quando chegou o final do curso, o exame final... ui! Sentiram o aperto quando tiveram que colocar em prática o que aprenderam na teoria. 

 O post de hoje é um pouco longo, mas vale a pena a leitura!




 Quanto mais vinhos provarem, mais irão desenvolver seus paladares! Porém, a maneira de degustá-los faz a diferença. Todo aquele cerimonial que os enólogos fazem, na verdade, não tem nenhum mistério. Basta, somente, agitar a taça com movimentos circulares, cheirar, degustar e cuspir. Isso mesmo, cuspir! A questão é saber porquê agita-se a taça, o que significam os termos como "tanino" ou "acidez".

 O primeiro passo é encher mais ou menos 1/3 da taça. Observe-a com atenção. Incline-a um pouco diante de um fundo branco (toalha de mesa, um guardanapo, um papel, por exemplo) ou mantenha-la de modo que receba a luz do dia para ver a gama de cores desde o centro até a borda do disco. Os vinhos tintos procedentes dos climas mais quentes e as variedades de uva tinta de áreas ensolaradas apresentam cores mais intensas. 

    

 Agite a taça com suaves movimentos circulares. Assim de desprenderão todos os aromas do vinho. Introduza o nariz na taça e aspire lentamente. As primeiras impressões são as mais vivas. Depois de duas ou três aspirações, o sentido olfativo fica neutralizado. Um enólogo experiente pode extrair uma infinidade de conclusões cheirando apenas um vinho: a variedade da uva com que foi elaborado, e inclusive a procedência do vinho. Um principiante logo começará a reconhecer aromas frutais, características fundamentais de uma determinada variedade de uva. 

  Ao aspirar, pense nos aromas que você sentir em termos de cheiros que te resultam familiares. Você necessitará fazê-lo várias vezes, antes de fazer com soltura, mas uma vez que  consigas, perceberás com clareza o cheiro a chocolate quente, à erva recém cortada, a pêssego. etc. Não importa se você é o único a descobrir estes aromas particulares, cada pessoa tem suas próprias referências olfativas, e todas elas são válidas.



  Agora chegou a hora de saboreá-lo! Dê um grande gole e deixe "correr" o vinho em toda a tua boca. 



  O motivo pelo qual os experts produzem com a língua uma espécie de estalos, quando têm o vinho em boca, é tentar fazer com que a bebida molhe cada parte da língua: o doce sente-se na ponta, os sabores salgados um pouco mais atrás, a acidez nas laterais e o sabor amargo na parte de trás. 



   Observe a acidez, a doçura ou a aspereza. Vai te ajudar a abrir a boca e aspirar um pouco quando arejar o vinho, você arrancará e individualizará aromas e sabores. Faça como se estivesse mastigando. Rabisque tuas primeiras impressões. No princípio, alguns sabores serão mais óbvios que outros, mas não se preocupe muito em querer encontrar um jardim de sabores frutais. 

  Pense na consistência do vinho na boca. É leve, médio ou encorpado? Está equilibrado? Quais são seus níveis de acidez, álcool, secura/doçura, o sabor frutal e o tanino? Depois ingira ou cuspa, se tiver que degustar mais vinhos. Observe os sabores longos, isto é, a persistência gustativa. Dê um gole e faça com que o vinho recorra toda a boca para que chegue a todas as partes da língua. Não importa se fizer barulhos estranhos, são peculiaridades da degustação.


  Características que deve observar quando degustar um vinho:

* Acidez: dá ao vinho um sabor vivo e fresco. Se é excessiva, o sabor será desagradavelmente ácido e amargo. Se é insuficiente, o vinho terá um sabor plano. 

* Álcool: obviamente, encontra-se em todos os vinhos, mas, quanto mais alto é o seu nível, mais quente percebe-se um vinho em boca. Se está desequilibrado em relação às notas frutais, ao tanino, etc... resultará picante, como uma gota de tabasco.

* Secura/doçura: estas características são afetadas pela quantidade natural de açúcar do vinho. A doçura tem que estar equilibrada pela acidez, ou do contrário, o vinho será enjoativo. Mas não há de se confundir secura com acidez: na realidade, um vinho muito seco como um fino de Jerez pode apresentar uma acidez muito baixa. 

* Notas frutais: deixe voar livremente a tua imaginação e prepare-se: o vinho não cheira nem tem gosto de uva. Seu aroma e sabor podem assemelhar-se a uma série de frutas. ao chocolate, ao tabaco, às nozes, ao café, ou inclusive, à uma massa de pão fermentada. 

* Tanino: o tanino é o responsável da sensação de secura e aspereza (adstringência) que fica na boca depois de ingerir um gole de vinho tinto muito jovem. Isso provém do pedúnculo, das sementes e das cascas das uvas. O tanino ajuda a dar corpo ao vinho e seu sabor suaviza com a idade. 

 Vinhos são deliciosos, 
porém, aprecie com moderação! 


Fonte: reprodução e anotações de aulas.




  

quarta-feira, 21 de março de 2012

Dia Internacional da Síndrome de Down!

Hoje, dia 21 de março, comemora-se o Dia Internacional da Síndrome de Down!



  Ame ao próximo como a ti mesmo! Sem diferenças, sem preconceitos! Todas as pessoas estão sujeitas a ter um filho com Síndrome de Down, independente da raça ou condição sócio-econômica. Por isso, se Deus te mandar uma criança tão especial como essa, dê muito carinho, amor e respeito, pois são o que elas mais precisam! ♥


 Felicidades a todos, às suas famílias e aqueles que de alguma forma ajudam na sua formação, educação e criação, dando todo carinho, amor e compreensão que eles merecem! 
Fotos: reprodução 

terça-feira, 20 de março de 2012

Feliz Dia do Blogueiro!

Dia 20 de março - Dia do Blogueiro!

 Parabéns a todos os blogueiros e blogueiras do mundo que tomaram a iniciativa de criar um blog e dedicar seu tempo precioso, escrevendo e postando artigos, textos, receitas e coisinhas interessantes! 

 Essa foto mostra um pouco do meu dia a dia... além das receitas que tenho nos meus inúmeros livros, apostilas, revistas, etc, também tenho muitos arquivos do notebook, então vira e mexe, estou com ele na cozinha, além de acompanhar a receita, sempre ouvindo uma musiquinha para dar um ânimo e uma pitada de alegria! :)


Feliz Dia do Blogueiro!!!

segunda-feira, 19 de março de 2012

Petit gateaux brasileiro!

 Olá queridos!

  Todos nós brasileiros sabemos que o fubá é um ingrediente típico usado em várias receitas em quase todas as regiões do nosso país. Pode ser usado em pratos doces ou salgados, é bem conhecido e lembrado daqueles quitutes que nossas avós faziam (ai que delícia!), bolos, broas, pães, etc. Hummmm, quando era pequena ficava louca só de sentir o cheiro da fornada, das coisas gostosas que a minha avó paterna fazia! Salve salve, vovó Luquinha! 



 Partilho com vocês esta receita deliciosa e fácil de fazer, apelidei de petit gateaux brasileiro! ;) Pois é um pequeno bolo com ingredientes brasileiros!

 Petit gateaux de fubá com cobertura de cacau

.: 3 ovos inteiros (180g)
.: 1 xícara (chá) de óleo (200ml)
.: 1 xícara (chá) de leite (200ml)
.: 1 e 1/2 xícara (chá) de açúcar cristal (240g)
.: 1 e 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo (165g)
.: 1 e 1/2 xícara (chá) de fubá (195g)
.: 1 colher (sopa) rasa de fermento em pó (10g)

Para a cobertura de chocolate:

.: 2 colheres (sopa) de cacau em pó (pode substituir por chocolate em pó)
.: 4 colheres (sopa) de açúcar
.: 2 colheres (sopa) de manteiga ou margarina
.: 1/2 xícara (chá) de leite

Preparando os mini bolinhos: 

 No liquidificador, misture acrescente os ovos, o óleo e o leite e bata até ficar homogêneo. Desligue, e acrescente o açúcar, a farinha e o fubá, misture os ingredientes com o botão pulsar, até que todos os ingredientes fiquem bem misturados. Por último, sem bater, incorpore o fermento em pó. Coloque em forminhas de mini pudim (com cone central) untadas com manteiga e enfarinhadas e asse no forno preaquecido, 180°C, durante 30 minutos. Coloque as forminhas dentro de uma assadeira. Enquanto espera amornar, faça a cobertura.

Preparando a cobertura de cacau:

 Coloque todos os ingredientes em uma panela e misture bem, leve ao  fogo médio até engrossar. Desenforme os mini bolinhos ainda mornos e regue com a calda de cacau. 

 
  Para acompanhar, sugiro um delicioso café brasileiro, claro! E se for do Sul de Minas Gerais,  melhor ainda! ;)

Beijos temperados e bom apetite!!! 

Foto: arquivo pessoal 






segunda-feira, 12 de março de 2012

Curiosidades gastronômicas!

 Olá queridos!

 Como passaram o final de semana?! Espero que maravilhosamente bem!

 Vocês gostam de café?! Nossa, eu amoooooo! E aquela taça de café com leite decorada? A coisa mais linda não?! 



 Quem foi o vencedor da vez, foi o chinês Yeung Yiu-Fai, de Hong Kong. Celebrou a vitória no Coffe Fast New York Latte Art Championships (uma espécie de campeonato de arte em café com leite), realizado no Javits Center, em Nova York. Os cafés foram julgados em diferentes categorias: beleza, estética, infusão de cores, entre outros. 



  
    Tenho um primo que por hobby adora fazer uns cafés decorados e além disso, deliciosos! Você pode ser o próximo vencedor!!! Quem se habilita?! :D

  Beijos sabor café!

   Foto: Carlo Allegri/Reuters

quinta-feira, 8 de março de 2012

Dia Internacional das Mulheres!

 Parabéns mulheres do meu Brasil, parabéns mulheres do mundo inteiro!



 Que hoje seja um dia mais que especial a todas nós! Que Deus as abençoe sempre!

 Em homenagem a vocês  mulheres que assim como as rosas, são deslumbrantes e graciosas! Deixo aqui uma linda música "Rosa" do nosso eterno 
Pixinguinha - um dos maiores compositores da Música Popular Brasileira.

 Uma música que me marca muito, pois me lembra muito o meu avô paterno, ele gostava de cantar essas músicas antigas pra gente (para as netinhas) quando éramos pequenas....  aiai... muita emoção........!


  Rosa - Pixiguinha

"Tu és, divina e graciosa
Estátua majestosa do amor

Por Deus esculturada
E formada com ardor
Da alma da mais linda flor
De mais ativo olor
Que na vida é preferida pelo beija-flor
Se Deus me fora tão clemente
Aqui nesse ambiente de luz
Formada numa tela deslumbrante e bela
Teu coração junto ao meu lanceado
Pregado e crucificado sobre a rósea cruz
Do arfante peito seu

Tu és a forma ideal

Estátua magistral oh alma perenal
Do meu primeiro amor, sublime amor
Tu és de Deus a soberana flor
Tu és de Deus a criação
Que em todo coração sepultas um amor
O riso, a fé, a dor
Em sândalos olentes cheios de sabor
Em vozes tão dolentes como um sonho em flor
És láctea estrela
És mãe da realeza
És tudo enfim que tem de belo
Em todo resplendor da santa natureza

Perdão, se ouso confessar-te

Eu hei de sempre amar-te
Oh flor meu peito não resiste
Oh meu Deus o quanto é triste
A incerteza de um amor
Que mais me faz penar em esperar
Em conduzir-te um dia
Ao pé do altar
Jurar, aos pés do onipotente
Em preces comoventes de dor
E receber a unção da tua gratidão
Depois de remir meus desejos
Em nuvens de beijos
Hei de envolver-te até meu padecer
De todo fenecer."




E na voz do nosso querido Caetano Veloso...




Felicidades a todas as mulheres!!!

quarta-feira, 7 de março de 2012

Tomate seco caseiro!


   Olá queridos!

  Como estão passando a semana? Alguns com o calorão que está fazendo neste nosso Brasil e  por outro lado, outros no Hemisfério Norte estão morrendo de frio. Brrrrr!!!!

  Eu adoro tomates e vocês? E depois que inventaram o tal do tomate seco, tudo mudou, haha. Um ingrediente delicioso que podemos incrementar uma salada, um risoto, uma quiche, wraps, sanduíches, molho de massas e o que a tua imaginação gastronômica permitir. O processo para fazer o tomate seco é trabalhoso e demorado, e seria mais fácil "fazer comprar" no mercado mais próximo da tua casa, mas se você quer ter o gostinho de fazer, que tal aprender?! Tenho certeza que você vai adorar!
Tomate pera

    Tomate seco

.: 1kg de tomates maduros e firmes (tipo pera)
.: 05 colheres (sopa) rasas de açúcar
.: 02 colheres (sopa) rasas de sal
.: orégano a gosto
.: 1 1/2 xícara (chá) de azeite de oliva
.: 08 dentes de alho amassados
.: folhas de alfavaca (basílico)
.: azeite virgem ou óleo de milho (quanto necessário)

Preparando os tomates secos: 

 Lave bem os tomates, seque-os com um pano e corte-os ao meio (sentido horizontal). Coloque um ao lado do outro em uma assadeira, com a parte lisa para baixo. Polvilhe a mistura de açúcar com o sal sobre os tomates e leve ao forno a uma temperatura de 190°C a 240°C por 45 minutos. Retire a forma do forno, vire os tomates e jogue fora o caldo que se formou. Leve de volta para o forno na mesma temperatura por 40 minutos. Retire do forno novamente, desvire os tomates e regue com 03 colheres (sopa) de azeite, salpicando orégano e alho amassado. Leve ao forno e vá desvirando os tomates de 30 em 30 minutos até o ponto em que estiverem bem sequinhos. Dependendo do forno, a receita leva de 5 a 6 horas (tudo isso??? Isso mesmo! É um preparo demorado!) para ficar pronta. Distribua em vidro esterilizado camadas de tomate seco, e folhas de alfavaca, colocando azeite virgem ou óleo de milho até cobrir, tampe e feche bem o vidro e deixe descansar por algumas horas ou dias para tomar o gosto dos temperos (em conserva). Rende: 800g


Preparação dos tomates na assadeira



Tomates secos


Tomates secos em conserva

 Faça esta deliciosa receita e depois solte a tua imaginação na hora de incrementar os pratos! 

Bom apetite!!!

  Fotos: reprodução e arquivo pessoal


  

terça-feira, 6 de março de 2012

Décor de Páscoa!

 Olá queridos leitores! 

 A Páscoa está chegando! Além do espírito religioso, o que esperamos?! Ovos de chocolate, coelhinhos de chocolate, colomba pascal, decoração e tudo que tenha a ver com o nosso querido CHOCOLATEEEEEE!!! Quem não gosta de chocolate, pra mim, não sabe o que está perdendo! Hihihi

Coelhinhos fofos! Que vontade de apertar!!!


  Vocês já estão pensando na decoração para o domingo de Páscoa? Que tal algumas sugestões?!


    Décor nos pratos, com flores, fitas e guardanapos coloridos, super romântico!


  
 Flores, ovos de chocolates, coelhinhos, tudo para decorar a tua mesa!


   Velas em casca de ovos. Boa idéia pra fazer em casa!



  Ovinhos de chocolate enfeitando os pratos, a mesa, por todos os lugares...



   


Que tal decorar uma árvore da tua casa com ovos de chocolate!!! Imagina que loucura colher ovos como este vovô?! Ai que delíciaaaaaaaa!!!
  



 Beijos sabor "ansiosa pela chegada da Páscoa"!

 Fotos: reprodução 

segunda-feira, 5 de março de 2012

Brigadeirão!

Boa tarde queridos! 

 Vamos começar a semana bem doce?! Hummmmm que delícia! Quem não gosta que atire a primeira pedra! E quem ainda não conhece, mão na massa! Partilho com vocês a receita do brigadeirão, um derivado do nosso querido e delicioso brigadeiro, mas na versão "pudim". 


Granulado de chocolate


 Brigadeirão

.: 06 gemas de ovo
.: 02 latas de leite condensado
.: a mesma medida de leite integral ou desnatado
.: 06 colheres (sopa) de chocolate em pó
.: 01 colher (sopa) de manteiga
.: margarina para untar
.: granulado de chocolate para decorar


Preparando o brigadeirão: 

  Numa vasilha, coloque as gemas, o leite condensado, o leite, o chocolate em pó e a manteiga. Misture bem até ficar homogêneo. Unte uma forma de pudim (redonda com furo no meio, de 20cm de diâmetro) com margarina. Despeje a mistura na forma e leve para assar em banho-maria em forno alto 250°C durante 50 minutos. Retire do forno e deixe esfriar. Desenforme e decore com chocolate granulado ou bolinhas pretas e brancas. 

Forma de pudim 20 cm de diâmetro 






Beijos sabor chocolate e bom apetite!!!

 PS: Coma com moderação! Hehehe

 Fotos: reprodução e arquivo pessoal

sexta-feira, 30 de março de 2012

Alfajores!

    Vocês conhecem os deliciosos alfajores argentinos? Existem váaaarias marcas de alfajores que são comercializadas, muitos são banhados no chocolate branco ou  preto, que muitas vezes um amigo ou uma amiga nos trás de lembrança quando vai à Argentina... 

    Mas agora, estou falando dos verdadeiros alfajores, aqueles caseiros recheados com dulce de leche, típicos das confeitarias argentinas, onde você pede: "Señorita, alfajores acompañados de chocolate caliente, por favor!" Hummm que delícia! 



    Para um lanche com amigos, para o chá das cinco ou para satisfazer teu desejo de comer um delicioso alfajor... hummm, aqui está uma ótima opção! ;)
    
    Entre em contato por email e faça já o seu pedido! 

   Fotos: arquivo pessoal

terça-feira, 27 de março de 2012

Pipocas saborizadas!

  Olá queridos!

 Quem aí gosta de fazer uma sessão home cinema beliscando uma pipoquina? Pipoquinha para servir como um dos aperitivos para receber os amigos ou até mesmo para assistir um jogo de futebol na TV?! ;) Eu aaaaaamo pipoca, das pipoquinhas simples, gosto das com manteiga, mas sou louca pelas pipocas salgadas e doces saborizadas, com um toque diferente! Partilho com vocês duas receitas salgadas deliciosas! Vamos aprender?!




 Pipoca de queijo

.: 05 colheres (sopa) de milho de pipoca
.: 03 colheres (sopa) de manteiga
.: 05 colheres (sopa) de queijo parmesão fresco ralado
.: óleo quantidade necessária
.: sal a gosto

Preparando a pipoca de queijo: em uma panela coloque a quantidade de óleo desejada, eu coloco 03 colheres (sopa) e o milho para pipoca. Estoure a pipoca. Depois de pronta, coloque em uma assadeira e guarde dentro do forno desligado, para não esfriar. Numa panela em fogo brando, coloque a manteiga ou margarina, junte o queijo e mexa até a manteiga derreter. Retire a pipoca do forno e regue-a com a mistura de queijo, mexendo bem, para que tudo se incorpore. Adicione sal a gosto e sirva. Rende: 06 porções.




Pipoca ao pesto basílico

.: 05 colheres (sopa) de milho de pipoca
.: 01 colher (sopa) de manjericão 
.: 01 colher (sopa) de queijo parmesão fresco ralado
.: 02 colheres (sopa) de azeite de oliva
.: 02 dentes de alho bem picadinhos
.: óleo quantidade necessária
.: sal a gosto

Preparando a pipoca ao pesto basílico: em uma panela coloque a quantidade desejada de óleo e o milho para pipoca. Estoure a pipoca. Depois de pronta, coloque em uma assadeira e guarde dentro do forno desligado, para não esfriar. Coloque todos os ingredientes, exceto a pipoca no liquidificador e bata até obter uma pasta homogênea (pesto). Em um bowl (tigela) junte a pipoca pronta ao pesto e misture bem. Pronto? Sirva-se a vontade! Rende: 06 porções.






      "Pipoca e guaraná que programa legal, só eu e você, e sem piruá..."

  Lembram deste comercial de dar água na boca e fez o maior
 sucesso nos ano 90 aqui no Brasil? Hummm! 



Beijos estalados e bom apetite!!!
Fotos: reprodução 

segunda-feira, 26 de março de 2012

Vinhos - Aprenda a degustá-los!

 Queridos leitores, 

 Com várias perguntas e dúvidas, vou dedicar post's especiais aos amantes (assim como eu) do vinho! Tive a honra de ter a matéria - Apreciação de bebidas - com o professor, enólogo, muy expert e querido - Prof. Gustavo Precedo - no curso que fiz em Buenos Aires/Argentina. O professor era daqueles exigentes, e adorava dar umas tiradas irônicas em classe, haha... mas era entendido do assunto, e confesso que aprendi muito, na teoria! Porque na prática já sabia, haha, brincadeiras à parte! ;) A turma do fundão queria saber de chegar logo os "finalmente" da aula, para degustar e sair animado, já que era a última aula de sexta-feira. Aiaia! E quando chegou o final do curso, o exame final... ui! Sentiram o aperto quando tiveram que colocar em prática o que aprenderam na teoria. 

 O post de hoje é um pouco longo, mas vale a pena a leitura!




 Quanto mais vinhos provarem, mais irão desenvolver seus paladares! Porém, a maneira de degustá-los faz a diferença. Todo aquele cerimonial que os enólogos fazem, na verdade, não tem nenhum mistério. Basta, somente, agitar a taça com movimentos circulares, cheirar, degustar e cuspir. Isso mesmo, cuspir! A questão é saber porquê agita-se a taça, o que significam os termos como "tanino" ou "acidez".

 O primeiro passo é encher mais ou menos 1/3 da taça. Observe-a com atenção. Incline-a um pouco diante de um fundo branco (toalha de mesa, um guardanapo, um papel, por exemplo) ou mantenha-la de modo que receba a luz do dia para ver a gama de cores desde o centro até a borda do disco. Os vinhos tintos procedentes dos climas mais quentes e as variedades de uva tinta de áreas ensolaradas apresentam cores mais intensas. 

    

 Agite a taça com suaves movimentos circulares. Assim de desprenderão todos os aromas do vinho. Introduza o nariz na taça e aspire lentamente. As primeiras impressões são as mais vivas. Depois de duas ou três aspirações, o sentido olfativo fica neutralizado. Um enólogo experiente pode extrair uma infinidade de conclusões cheirando apenas um vinho: a variedade da uva com que foi elaborado, e inclusive a procedência do vinho. Um principiante logo começará a reconhecer aromas frutais, características fundamentais de uma determinada variedade de uva. 

  Ao aspirar, pense nos aromas que você sentir em termos de cheiros que te resultam familiares. Você necessitará fazê-lo várias vezes, antes de fazer com soltura, mas uma vez que  consigas, perceberás com clareza o cheiro a chocolate quente, à erva recém cortada, a pêssego. etc. Não importa se você é o único a descobrir estes aromas particulares, cada pessoa tem suas próprias referências olfativas, e todas elas são válidas.



  Agora chegou a hora de saboreá-lo! Dê um grande gole e deixe "correr" o vinho em toda a tua boca. 



  O motivo pelo qual os experts produzem com a língua uma espécie de estalos, quando têm o vinho em boca, é tentar fazer com que a bebida molhe cada parte da língua: o doce sente-se na ponta, os sabores salgados um pouco mais atrás, a acidez nas laterais e o sabor amargo na parte de trás. 



   Observe a acidez, a doçura ou a aspereza. Vai te ajudar a abrir a boca e aspirar um pouco quando arejar o vinho, você arrancará e individualizará aromas e sabores. Faça como se estivesse mastigando. Rabisque tuas primeiras impressões. No princípio, alguns sabores serão mais óbvios que outros, mas não se preocupe muito em querer encontrar um jardim de sabores frutais. 

  Pense na consistência do vinho na boca. É leve, médio ou encorpado? Está equilibrado? Quais são seus níveis de acidez, álcool, secura/doçura, o sabor frutal e o tanino? Depois ingira ou cuspa, se tiver que degustar mais vinhos. Observe os sabores longos, isto é, a persistência gustativa. Dê um gole e faça com que o vinho recorra toda a boca para que chegue a todas as partes da língua. Não importa se fizer barulhos estranhos, são peculiaridades da degustação.


  Características que deve observar quando degustar um vinho:

* Acidez: dá ao vinho um sabor vivo e fresco. Se é excessiva, o sabor será desagradavelmente ácido e amargo. Se é insuficiente, o vinho terá um sabor plano. 

* Álcool: obviamente, encontra-se em todos os vinhos, mas, quanto mais alto é o seu nível, mais quente percebe-se um vinho em boca. Se está desequilibrado em relação às notas frutais, ao tanino, etc... resultará picante, como uma gota de tabasco.

* Secura/doçura: estas características são afetadas pela quantidade natural de açúcar do vinho. A doçura tem que estar equilibrada pela acidez, ou do contrário, o vinho será enjoativo. Mas não há de se confundir secura com acidez: na realidade, um vinho muito seco como um fino de Jerez pode apresentar uma acidez muito baixa. 

* Notas frutais: deixe voar livremente a tua imaginação e prepare-se: o vinho não cheira nem tem gosto de uva. Seu aroma e sabor podem assemelhar-se a uma série de frutas. ao chocolate, ao tabaco, às nozes, ao café, ou inclusive, à uma massa de pão fermentada. 

* Tanino: o tanino é o responsável da sensação de secura e aspereza (adstringência) que fica na boca depois de ingerir um gole de vinho tinto muito jovem. Isso provém do pedúnculo, das sementes e das cascas das uvas. O tanino ajuda a dar corpo ao vinho e seu sabor suaviza com a idade. 

 Vinhos são deliciosos, 
porém, aprecie com moderação! 


Fonte: reprodução e anotações de aulas.




  

quarta-feira, 21 de março de 2012

Dia Internacional da Síndrome de Down!

Hoje, dia 21 de março, comemora-se o Dia Internacional da Síndrome de Down!



  Ame ao próximo como a ti mesmo! Sem diferenças, sem preconceitos! Todas as pessoas estão sujeitas a ter um filho com Síndrome de Down, independente da raça ou condição sócio-econômica. Por isso, se Deus te mandar uma criança tão especial como essa, dê muito carinho, amor e respeito, pois são o que elas mais precisam! ♥


 Felicidades a todos, às suas famílias e aqueles que de alguma forma ajudam na sua formação, educação e criação, dando todo carinho, amor e compreensão que eles merecem! 
Fotos: reprodução 

terça-feira, 20 de março de 2012

Feliz Dia do Blogueiro!

Dia 20 de março - Dia do Blogueiro!

 Parabéns a todos os blogueiros e blogueiras do mundo que tomaram a iniciativa de criar um blog e dedicar seu tempo precioso, escrevendo e postando artigos, textos, receitas e coisinhas interessantes! 

 Essa foto mostra um pouco do meu dia a dia... além das receitas que tenho nos meus inúmeros livros, apostilas, revistas, etc, também tenho muitos arquivos do notebook, então vira e mexe, estou com ele na cozinha, além de acompanhar a receita, sempre ouvindo uma musiquinha para dar um ânimo e uma pitada de alegria! :)


Feliz Dia do Blogueiro!!!

segunda-feira, 19 de março de 2012

Petit gateaux brasileiro!

 Olá queridos!

  Todos nós brasileiros sabemos que o fubá é um ingrediente típico usado em várias receitas em quase todas as regiões do nosso país. Pode ser usado em pratos doces ou salgados, é bem conhecido e lembrado daqueles quitutes que nossas avós faziam (ai que delícia!), bolos, broas, pães, etc. Hummmm, quando era pequena ficava louca só de sentir o cheiro da fornada, das coisas gostosas que a minha avó paterna fazia! Salve salve, vovó Luquinha! 



 Partilho com vocês esta receita deliciosa e fácil de fazer, apelidei de petit gateaux brasileiro! ;) Pois é um pequeno bolo com ingredientes brasileiros!

 Petit gateaux de fubá com cobertura de cacau

.: 3 ovos inteiros (180g)
.: 1 xícara (chá) de óleo (200ml)
.: 1 xícara (chá) de leite (200ml)
.: 1 e 1/2 xícara (chá) de açúcar cristal (240g)
.: 1 e 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo (165g)
.: 1 e 1/2 xícara (chá) de fubá (195g)
.: 1 colher (sopa) rasa de fermento em pó (10g)

Para a cobertura de chocolate:

.: 2 colheres (sopa) de cacau em pó (pode substituir por chocolate em pó)
.: 4 colheres (sopa) de açúcar
.: 2 colheres (sopa) de manteiga ou margarina
.: 1/2 xícara (chá) de leite

Preparando os mini bolinhos: 

 No liquidificador, misture acrescente os ovos, o óleo e o leite e bata até ficar homogêneo. Desligue, e acrescente o açúcar, a farinha e o fubá, misture os ingredientes com o botão pulsar, até que todos os ingredientes fiquem bem misturados. Por último, sem bater, incorpore o fermento em pó. Coloque em forminhas de mini pudim (com cone central) untadas com manteiga e enfarinhadas e asse no forno preaquecido, 180°C, durante 30 minutos. Coloque as forminhas dentro de uma assadeira. Enquanto espera amornar, faça a cobertura.

Preparando a cobertura de cacau:

 Coloque todos os ingredientes em uma panela e misture bem, leve ao  fogo médio até engrossar. Desenforme os mini bolinhos ainda mornos e regue com a calda de cacau. 

 
  Para acompanhar, sugiro um delicioso café brasileiro, claro! E se for do Sul de Minas Gerais,  melhor ainda! ;)

Beijos temperados e bom apetite!!! 

Foto: arquivo pessoal 






segunda-feira, 12 de março de 2012

Curiosidades gastronômicas!

 Olá queridos!

 Como passaram o final de semana?! Espero que maravilhosamente bem!

 Vocês gostam de café?! Nossa, eu amoooooo! E aquela taça de café com leite decorada? A coisa mais linda não?! 



 Quem foi o vencedor da vez, foi o chinês Yeung Yiu-Fai, de Hong Kong. Celebrou a vitória no Coffe Fast New York Latte Art Championships (uma espécie de campeonato de arte em café com leite), realizado no Javits Center, em Nova York. Os cafés foram julgados em diferentes categorias: beleza, estética, infusão de cores, entre outros. 



  
    Tenho um primo que por hobby adora fazer uns cafés decorados e além disso, deliciosos! Você pode ser o próximo vencedor!!! Quem se habilita?! :D

  Beijos sabor café!

   Foto: Carlo Allegri/Reuters

quinta-feira, 8 de março de 2012

Dia Internacional das Mulheres!

 Parabéns mulheres do meu Brasil, parabéns mulheres do mundo inteiro!



 Que hoje seja um dia mais que especial a todas nós! Que Deus as abençoe sempre!

 Em homenagem a vocês  mulheres que assim como as rosas, são deslumbrantes e graciosas! Deixo aqui uma linda música "Rosa" do nosso eterno 
Pixinguinha - um dos maiores compositores da Música Popular Brasileira.

 Uma música que me marca muito, pois me lembra muito o meu avô paterno, ele gostava de cantar essas músicas antigas pra gente (para as netinhas) quando éramos pequenas....  aiai... muita emoção........!


  Rosa - Pixiguinha

"Tu és, divina e graciosa
Estátua majestosa do amor

Por Deus esculturada
E formada com ardor
Da alma da mais linda flor
De mais ativo olor
Que na vida é preferida pelo beija-flor
Se Deus me fora tão clemente
Aqui nesse ambiente de luz
Formada numa tela deslumbrante e bela
Teu coração junto ao meu lanceado
Pregado e crucificado sobre a rósea cruz
Do arfante peito seu

Tu és a forma ideal

Estátua magistral oh alma perenal
Do meu primeiro amor, sublime amor
Tu és de Deus a soberana flor
Tu és de Deus a criação
Que em todo coração sepultas um amor
O riso, a fé, a dor
Em sândalos olentes cheios de sabor
Em vozes tão dolentes como um sonho em flor
És láctea estrela
És mãe da realeza
És tudo enfim que tem de belo
Em todo resplendor da santa natureza

Perdão, se ouso confessar-te

Eu hei de sempre amar-te
Oh flor meu peito não resiste
Oh meu Deus o quanto é triste
A incerteza de um amor
Que mais me faz penar em esperar
Em conduzir-te um dia
Ao pé do altar
Jurar, aos pés do onipotente
Em preces comoventes de dor
E receber a unção da tua gratidão
Depois de remir meus desejos
Em nuvens de beijos
Hei de envolver-te até meu padecer
De todo fenecer."




E na voz do nosso querido Caetano Veloso...




Felicidades a todas as mulheres!!!

quarta-feira, 7 de março de 2012

Tomate seco caseiro!


   Olá queridos!

  Como estão passando a semana? Alguns com o calorão que está fazendo neste nosso Brasil e  por outro lado, outros no Hemisfério Norte estão morrendo de frio. Brrrrr!!!!

  Eu adoro tomates e vocês? E depois que inventaram o tal do tomate seco, tudo mudou, haha. Um ingrediente delicioso que podemos incrementar uma salada, um risoto, uma quiche, wraps, sanduíches, molho de massas e o que a tua imaginação gastronômica permitir. O processo para fazer o tomate seco é trabalhoso e demorado, e seria mais fácil "fazer comprar" no mercado mais próximo da tua casa, mas se você quer ter o gostinho de fazer, que tal aprender?! Tenho certeza que você vai adorar!
Tomate pera

    Tomate seco

.: 1kg de tomates maduros e firmes (tipo pera)
.: 05 colheres (sopa) rasas de açúcar
.: 02 colheres (sopa) rasas de sal
.: orégano a gosto
.: 1 1/2 xícara (chá) de azeite de oliva
.: 08 dentes de alho amassados
.: folhas de alfavaca (basílico)
.: azeite virgem ou óleo de milho (quanto necessário)

Preparando os tomates secos: 

 Lave bem os tomates, seque-os com um pano e corte-os ao meio (sentido horizontal). Coloque um ao lado do outro em uma assadeira, com a parte lisa para baixo. Polvilhe a mistura de açúcar com o sal sobre os tomates e leve ao forno a uma temperatura de 190°C a 240°C por 45 minutos. Retire a forma do forno, vire os tomates e jogue fora o caldo que se formou. Leve de volta para o forno na mesma temperatura por 40 minutos. Retire do forno novamente, desvire os tomates e regue com 03 colheres (sopa) de azeite, salpicando orégano e alho amassado. Leve ao forno e vá desvirando os tomates de 30 em 30 minutos até o ponto em que estiverem bem sequinhos. Dependendo do forno, a receita leva de 5 a 6 horas (tudo isso??? Isso mesmo! É um preparo demorado!) para ficar pronta. Distribua em vidro esterilizado camadas de tomate seco, e folhas de alfavaca, colocando azeite virgem ou óleo de milho até cobrir, tampe e feche bem o vidro e deixe descansar por algumas horas ou dias para tomar o gosto dos temperos (em conserva). Rende: 800g


Preparação dos tomates na assadeira



Tomates secos


Tomates secos em conserva

 Faça esta deliciosa receita e depois solte a tua imaginação na hora de incrementar os pratos! 

Bom apetite!!!

  Fotos: reprodução e arquivo pessoal


  

terça-feira, 6 de março de 2012

Décor de Páscoa!

 Olá queridos leitores! 

 A Páscoa está chegando! Além do espírito religioso, o que esperamos?! Ovos de chocolate, coelhinhos de chocolate, colomba pascal, decoração e tudo que tenha a ver com o nosso querido CHOCOLATEEEEEE!!! Quem não gosta de chocolate, pra mim, não sabe o que está perdendo! Hihihi

Coelhinhos fofos! Que vontade de apertar!!!


  Vocês já estão pensando na decoração para o domingo de Páscoa? Que tal algumas sugestões?!


    Décor nos pratos, com flores, fitas e guardanapos coloridos, super romântico!


  
 Flores, ovos de chocolates, coelhinhos, tudo para decorar a tua mesa!


   Velas em casca de ovos. Boa idéia pra fazer em casa!



  Ovinhos de chocolate enfeitando os pratos, a mesa, por todos os lugares...



   


Que tal decorar uma árvore da tua casa com ovos de chocolate!!! Imagina que loucura colher ovos como este vovô?! Ai que delíciaaaaaaaa!!!
  



 Beijos sabor "ansiosa pela chegada da Páscoa"!

 Fotos: reprodução 

segunda-feira, 5 de março de 2012

Brigadeirão!

Boa tarde queridos! 

 Vamos começar a semana bem doce?! Hummmmm que delícia! Quem não gosta que atire a primeira pedra! E quem ainda não conhece, mão na massa! Partilho com vocês a receita do brigadeirão, um derivado do nosso querido e delicioso brigadeiro, mas na versão "pudim". 


Granulado de chocolate


 Brigadeirão

.: 06 gemas de ovo
.: 02 latas de leite condensado
.: a mesma medida de leite integral ou desnatado
.: 06 colheres (sopa) de chocolate em pó
.: 01 colher (sopa) de manteiga
.: margarina para untar
.: granulado de chocolate para decorar


Preparando o brigadeirão: 

  Numa vasilha, coloque as gemas, o leite condensado, o leite, o chocolate em pó e a manteiga. Misture bem até ficar homogêneo. Unte uma forma de pudim (redonda com furo no meio, de 20cm de diâmetro) com margarina. Despeje a mistura na forma e leve para assar em banho-maria em forno alto 250°C durante 50 minutos. Retire do forno e deixe esfriar. Desenforme e decore com chocolate granulado ou bolinhas pretas e brancas. 

Forma de pudim 20 cm de diâmetro 






Beijos sabor chocolate e bom apetite!!!

 PS: Coma com moderação! Hehehe

 Fotos: reprodução e arquivo pessoal

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...